. .

27 de março de 2017

AL - Mortos são da mesma família; 2 crianças estão entre as vítimas e sobrevivente estava foragido

Crianças foram identificadas como Alisson Anjo Teixeira e Anderson Anjo Teixeira, o pai deles é Manoel Teixeira, ele conseguiu escapar, o mesmo tem mandado de prisão em aberto.
https://4.bp.blogspot.com/-Qn5kRdFL0Ss/V6st2abx2FI/AAAAAAAARcc/DBy3IeQJ33U3z_S79_BJT4Kpzxo5NyIMACK4B/s200/


A tragédia registrada na noite deste domingo, 26, por volta das 18h30min, em um trecho da Rodovia Estadual (AL-220), próximo da entrada do Assentamento Nova Esperança no município de Olho D’água do Casado, na noite deste domingo, 26, resultou na morte de duas crianças que são irmãos identificados como Alisson Anjo Teixeira, 9 anos e José Anderson Anjo Teixeira, 7 anos, além de um jovem que seria tio dos meninos, identificado como Manoel Teixeira da Silva. O pai das crianças Ailton Teixeira da Silva, conhecido como ‘Teixeira’, foi socorrido em estado grave.

Estevemos no local e apuramos  que as vítimas estariam em uma motocicleta CG-125, com todas as luzes apagadas, além disso estava sem a placa.

O motorista do veículo Spin de cor prata e placa PUQ-3680/Maceió-AL, que vinha sentido Delmiro Gouveia, relatou a polícia, que ainda tentou livrar o impacto, mas o motociclista estava no meio da rodovia. Devido ao impacto, as quatros pessoas que estavam na motocicleta foram arremessadas ao solo. Três delas morreram na hora.

O motorista do carro que não teve o nome divulgado, acionou rapidamente o socorro médico. Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e Corpo de Bombeiros Militar (CBM) estiveram no local prestando socorro à vítima.

‘Teixeira’ como é conhecido está em estado grave. Segundo a DEPOL, ele é está foragido da justiça alagoana, onde responde por homicídio e outros crimes. O seu irmão, Manoel Teixeira da Silva, o ‘Ninho’, também tinha passagens pela polícia. Os dois são acusados de vários crimes no Bairro Fazendinha em Piranhas.
  
A mãe das crianças que é separada do pai, relatou aos policiais que ele pegou os filhos dizendo que ia para Paulo Afonso – BA.

Os corpos foram removidos do local pelo Instituto Médico Legal (IML) de Arapiraca.

PM recupera parte dos objetos que foram furtados de residência e prende uma pessoa em Delmiro - AL

10 pessoas foram conduzidas para a DEPOL, mas por não haver provas foram liberadas. Apenas Damiana Souza Santos, 39 anos foi autuada por receptação.
https://4.bp.blogspot.com/-Qn5kRdFL0Ss/V6st2abx2FI/AAAAAAAARcc/DBy3IeQJ33U3z_S79_BJT4Kpzxo5NyIMACK4B/s200/

Um trabalho de investigação efetivado pela Setor de Inteligência (SI) do 9º – Batalhão de Polícia Militar (9º-BPM), resultou na prisão de uma mulher e na detecção de 10 homens, entre eles adolescentes e jovens, acusados de furtar uma residência e comprar objetos oriundos do furto. A ação foi realizada por militares da Companhia de Operações Policiais Especiais do Sertão (COPES-CAATINGA) e a Rádio Patrulha (RP).

Segundo levantamentos da PM, uma residência localizada no Condomínio Rosa de Sharon foi invadida por criminosos que furtaram televisões, roupas, relógios, perfumes, dinheiro e outros objetos. O crime aconteceu na noite da última sexta-feira, 24. Após o fato, o proprietário da residência procurou a polícia que iniciou a investigação.

Na noite deste sábado, 25, após um trabalho integrado 10 pessoas foram detidas na Avenida Juscelino Kubistchek e nas 369 casas, elas seriam acusadas de adquirir alguns produtos que foram levados pelos criminosos. Todas elas foram conduzidas para a Delegacia Regional de Polícia (1ª-DRP), onde prestaram depoimento, mas como não havia provas, foram liberadas.

Apenas uma mulher identificada como Damiana Souza Santos, 38 anos, foi presa, com ela a polícia encontrou duas televisões LCD, os dois aparelhos eletrônicos estavam avaliados em mais de R$ 10.000 e foram vendidos por pouco mais de R$ 1.000.

Um dos suspeitos de ter invadido a residência, foi identificado apenas como ‘Boneco’, o mesmo conseguiu se evadir do cerco policial.

Parte do material furtado foi levado para a DEPOL, após o procedimento os produtos foram entregues ao proprietário.

A ação foi comandada pelo Tenente-coronel Valle, comandante do 9º – Batalhão da PM e contou com o apoio do delegado Rodrigo Rocha Cavalcanti.

Obs: Em cumprimento à Justiça de Alagoas, as fotos dos acusados não serão divulgadas a partir do dia 24 de março de 2017. Agradecemos a compreensão de todos.

AL - Procurador-geral de Justiça vai combater censura a jornalistas alagoanos

Além do Diário do Poder e Davi Soares, o semanário Extra e o Repórter Alagoas também já foram censurados por publicarem matérias contra autoridades.

Eis que o Ministério Público Estadual (MPE-AL) entendeu que repressão e censura contra jornalistas alagoanos ‘bate de frente” na missão com a democracia e a liberdade de imprensa.

Na manhã deste sábado, em solidariedade aos jornalistas exprobrados, o procurador-geral de Justiça, Alfredo Gaspar de Mendonça Neto, reafirmou seu compromisso institucional e pessoal como os valores democráticos e vai agir contra censura em Alagoas.

O MP de Alagoas vai avaliar todas as decisões que censuraram jornalistas no Estado. Um dos casos mais impetuosos foi contra Davi Soares do Diário do Poder.

É que o deputado estadual Antônio Albuquerque (PTB) ingressou com a Ação Penal (nº 0703002-10.2017.8.02.0001) em desfavor do profissional de imprensa pelos crimes de calúnia, injúria e difamação.

Na ação, protocolada na 3ª Vara Criminal da Capital em Maceió, o juiz Carlos Henrique Pita Duarte determinou que matérias citando o nome de AA fossem tiradas do ar. Além disso, o magistrado recomendou ao jornalista Davi Soares e o Diário do Poder não escrever, “de qualquer maneira”, sobre Antônio Albuquerque.

Por conta desse juízo, o chefe do MP considera que são decisões que não se sustentam, pois, extrapolam os limites constitucionais.

“O Ministério Público é defensor intransigente da liberdade de imprensa. Censura não faz parte da regra democrática. Ao Davi, Odilon, Fernando, Ricardo Mota e todos os profissionais da imprensa, desejamos sempre o respeito a liberdade da informação como garantia constitucional. O MP está pronto para agir”, escreveu Alfredo Gaspar de Mendonça em mensagem enviada aos jornalistas.

O Caso de Davi

O deputado AA não gostou das matérias publicadas pelo jornalista Davi Soares com títulos “Réu da Operação Taturana tentou presidir o legislativo de Alagoas”, como também, ao informar que seu filho e atual secretário de Estado do Trabalho e Emprego (Sete), Arthur Albuquerque, é o “Novo secretário do Governo de Alagoas terá 1º emprego de R$ 18 mil”.

Todavia, o conteúdo desses textos incomodaram – bastante – e demais o parlamentar.

Além do Diário do Poder e Davi Soares, o semanário Extra e o Repórter Alagoas já foram censurados por publicarem matérias que mostram claramente a verdade – em meio às escondidas – nos bastidores da política e do Poder alagoano.

Já Davi Soares tem sido “perseguido” pela classe política alagoana por escrever o que – de fato –  ele aprendeu em sala de aula durante seus quatro anos na Universidade Federal de Alagoas (Ufal).

Faltar com a verdade para leitores e a sociedade alagoana é, portanto, o mesmo que pegar o diploma de jornalista e rasgá-lo com justificativa.

Cerceamento à liberdade de imprensa por ações judiciais

No relatório da Violência Contra Jornalistas e Liberdade de Imprensa, divulgado em 2016, pela Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), apontou que, em Alagoas, três casos de grande repercussão na imprensa constam nos dados publicados pela Fenaj.

Um deles, inclusive, é também do deputado Antônio Albuquerque contra os jornalistas Odilon Rios e Fernando Araújo (Extra). Na ação, além do pedido de prisão, AA processou criminalmente os profissionais por publicarem uma série de reportagens sobre os processos que ele responde na Justiça alagoana. O juiz do caso é também Carlos Henrique Pita Duarte.

Já os outros processos se estendem a Victor Avner e Fernando Araújo, por reportagem publicada no Jornal Extra, sobre a lentidão do Ministério Público Federal (MPF) na investigação contra uma Oscip. Procuradores do MPF processaram os jornalistas por considerarem o material “ofensivo”.

A terceira foi em desfavor de Odilon Rios. Odilon foi proibido pela Justiça de se manifestar publicamente – sobre o processo em que foi obrigado a indenizar em R$ 5 mil autoridades policiais – ao externar sua revolta diante da afirmação da polícia alagoana de que seu enteado havia sido assasinado supostamente por ser usuário de drogas.

Por fim, os dados acima podem ser conferidos (Página 40) no Relatório da Violência Contra Jornalistas e Liberdade de Imprensa clicando aqui!

Como escreveu George Orwell: “Jornalismo é publicar aquilo que alguém não quer que se publique. Todo o resto é publicidade.”

Mentira se combate com a verdade. E o provérbio é correto em afirmar que “Quem for podre que se quebre!”

Por Kleverson Levy 

AL - Após ser chamado de Eduardo Cunha, Cacau Correia publica matéria da renúncia de Marcelo Lima

Publicação foi realizada em vários grupos de whatsapp, e deixou os delmirenses surpresos e questionando se seria uma premonição.

A ‘novela’ envolvendo o vereador Cacau Correia e o secretário de finanças, o advogado Raul Santos, ganhou mais um capítulo neste sábado, 25. Após Raul dizer em entrevista que não ia ter impeachment e chamar Cacau Correia de Eduardo Cunha. O vereador resgatou um link de uma matéria, onde tinha o seguinte título: “Marcelo Lima renuncia ao cargo em Delmiro”, e divulgou em vários grupos de Whatsapp.

Para quem não se lembra, em 2007, Marcelo Lima que tinha sido afastado da prefeitura de Delmiro Gouveia, resolveu no dia 20 de dezembro renunciar para evitar uma possível cassação que seria votada durante uma sessão extraordinária da Câmara de Vereadores. Vale lembrar que uma das ações movidas foi pelo advogado Raul Santos. Marcelo era acusado de fraudar licitações e por desvios de recursos públicos, na ordem de mais de R$ 10 milhões.

A publicação do vereador, rendeu diversos comentários dos delmirenses. 

 briga

26 de março de 2017

Seu namorado faz essas 15 coisas? Se sim, ele é o melhor do mundo

Confira quais são as 15 coisas que mostram que ele é o melhor do mundo


Terminar um relacionamento pode ser algo doloroso para algumas pessoas. Ainda mais quando o sentimento é muito forte. Mas, muitas vezes, os relacionamentos chegam ao fim por coisas banais, falta de comunicação, e ingratidão.
Olhar as falhas dos outros é um grande erro que embora ninguém quer cometer é algo que infelizmente sempre cometemos.
Por isso, separamos aqui algumas coisas que mostram que o amor pode estar nos pequenos gestos, que muitas vezes, não notamos.
Se o seu namorado faz essas coisas, não o deixe nunca, pois, isso mostra que ele é o melhor do mundo.
Confira:
1) Tem confiança em você
2) É fiel
3) Sabe do que você gosta

4) Te dá privacidade quando precisa
5) Não esquece datas importantes
6) Te ajuda a ser uma pessoa melhor
7) Te deixa sempre de bom humor
8) Acredita em você
9) Mostra que é feliz ao seu lado
10) Dá valor ao seus sentimentos
11) Te faz sentir que é uma pessoa amada
12) Te ajuda nos deveres de casa
13) Deixa sua vida menos complicada
14) Sabe quando precisa de consolo
15) Gosta de te ver sorrir

O deputado federal João Bacelar, do PR, que votou a favor do projeto da terceirização e é favorável à Reforma da Previdência do governo Temer, ouviu sonoras vaias ontem, em Riachão do Jacuípe, durante ato público no qual o governador Rui Costa (PT) fez a entrega oficial da recuperação do trecho da rodovia BA 120 que liga a cidade a Conceição do Coité. Veja!

video

Ex-presidente Lula rouba a cena no Lollapalooza; veja vídeo

Banda de rock americana Cage The Elephant puxa grito de guerra "OLÊ OLÊ OLÊ OLÁ LULA LULA" com a guitarra
https://static.noticiasaominuto.com.br/stockimages/1370x587/
Ao fim da apresentação da banda de rock norte-americana Cage The Elephant no festival de música Lollapalooza, na tarde deste sábado (25), os músicos surpreenderam e puxaram na guitarra um uníssono grito de guerra do público: "OLÊ OLÊ OLÊ OLÁ LULA LULA".
O vídeo do canal Multishow já foi compartilhado diversas vezes nas redes sociais e reúne comentários a favor e contra o ex-presidente: "Justo no Loolapalooza que é coxinha por natureza!! Adorei!!", disse um internauta. "E a Globo querendo cortar o som de qualquer jeito! KKKKK", afirmou outro.
Há quem duvide que o grito era em prol ao ex-presidente: "Gente, será que só eu acho que eles estavam gritando Lolla?", escreveu uma espectadora.
Assista e tire as suas conclusões:
Durante o show, o vocalista do quinteto, Matt Shultz, mergulhou diversas vezes na plateia e fez declarações de amor ao país. Outros artistas, como o cantor e compositor Criolo e a banda Metallica, fizeram declarações de apoio a Lula em suas apresentações. 
A organização do evento afirma que o público deste sábado, de 100 mil pessoas, é o maior já registrado em um dia de evento.
O festival, que está sendo realizado no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, continua neste domingo (26), tendo como destaques os americanos do Strokes e The Weeknd.

O vídeo de um rapper alagoano viralizou nas redes sociais. Apois rasga o título de eleitor

No vídeo o vocalista do grupo de rap NSC aparece rasgando o seu próprio título de eleitor.

video

Como transformar sua TV de tubo em uma smartTV

2/
Você é aquela pessoa que fica lendo sobre TVs com entrada HDMI, com entrada USB, com sistema operacional, com Wi-Fi e pensando "quem dera a minha velha TV de tudo tivesse isso também"? Pois saiba que transformar sua TV de tubo numa TV inteligente pode ser mais simples e barato do que você imagina.
O segredo se chama "adaptador AV/HDMI". Basicamente, o que ele faz é transformar a saída AV de sua televisão (aquela que usa três cabos, de cor vermelha, branca e amarela) em uma saída HDMI. Com isso e mais alguns componentes simples de se encontrar, você consegue conectar dispositivos como Chromecasts e set-top boxes à sua TV.
Reprodução
Abaixo, ensinamos a fazer isso com mais detalhe:
Conectando um Chromecast à sua TV de tubo
Você vai precisar de: um Chromecast, uma TV de tubo (obviamente), um carregador de celular Android (com cabo microUSB), um adaptador AV/HDMI, e um cabo AV.
Primeiramente, encontre a entrada AV da sua TV e ligue o cabo AV nela. Ela terá três furinhos: um branco, um vermelho e um amarelo. Basta encaixar cada cabo no furo de cor correspondente. Na outra ponta do cabo, encaixe o adaptador AV/HDMI.
Em seguida, ligue o Chromecast na porta HDMI do adaptador. O dispositivo já estará pronto para enviar sinal à sua TV, mas ainda faltará uma coisa: energia. Aí que entra o carregador de celular microUSB. Ligue-o numa tomada próxima e conecte a outra ponta à traseira do Chromecast.
Alguns adaptadores AV/HDMI também precisam de energia. Nesse caso, pode ser útil ter um carregador de celular que vai na parede e que tenha duas saídas USB. Assim, se você tiver dois cabos, consegue ligar o Chromecast e o adaptador na mesma tomada. O vídeo abaixo ajuda a ilustrar o procedimento.

Quando tudo estiver ligado, use o controle da sua TV para selecionar a entrada AV. Ao fazer isso, você deverá ver a imagem do Chromecast. Você então pode usar seu celular para transmitir vídeos do Youtube, da Netflix ou de outros aplicativos para ele.
Conectando uma set top box à sua TV AV:
Você vai precisar de: TV de tubo, set top box (claro), Adaptador AV/HDMI, cabo AV, cabo HDMI, carregador de celular microUSB.
Normalmente, os set top boxes (aquelas caixinhas semelhantes às das empresas de TV a cabo) têm diversas conexões em sua traseira. Mas se acontecer da sua só ter saída HDMI e da sua TV só ter entrada HDMI, você pode fazer um esquema parecido.
Conecte um cabo AV à entrada AV da sua TV, tomando o cuidado de encaixar os cabos nos furos de cor correspondente. Em seguida, encaixe os cabos na outra ponta ao adaptador. Feito isso, pegue o cabo HDMI e ligue uma ponta dele ao adaptador e a outra ponta à set top box.
Você precisará ligar a set top box a uma tomada para que ela funcione. Se o adaptador precisar de energia também, garanta que a espaço na tomada para ele também (ou utilize uma régua ou benjamin). Em seguida, você pode conectar ainda mais aparelhos à set top box (como um console de videogame) para dar ainda mais recursos à sua Tv de tubo.

Promotor solta bandido para saidinha temporária e é assaltado por ele ao chegar em casa


Um promotor de uma cidade o interior do Rio Grande do Sul ficou em apuros na tarde de ontem. O mesmo resolveu soltar um assaltante que constava com 10 passagens pela policia por roubo e tentativa de homicídio, para uma dessas saidinhas temporárias, alegando que o mesmo não apresentava risco à sociedade e que suas condutas haviam reduzido o grau de reincidência.


Pois bem. Após decretar a soltura do jovem, o mesmo não tendo como ir para a casa, munido de um revolver calibre 38, assaltou um senhor que estava entrando em seu veiculo. Até ai tudo normal, porém o senhor assaltado tratava-se do próprio promotor que o havia liberado. 
O promotor ficou surpreso com a atitude do rapaz que fugiu e até o momento não foi localizado. “O que me espantou foi o fato de eu ter liberado ele, e em menos de 10 minutos ele conseguiu uma arma. Essa juventude anda muito violenta. Eu não imaginava que ele fosse tão perigoso. Se ele for preso vou meter a caneta nele” disse o promotor enfurecido.

Uma das vítimas do ladrão alertou quanto a periculosidade do mesmo. “É a 3° vez que ele me rouba. Eu falei pro juiz que ele era perigoso e ele não acreditou. Esses promotores e juízes vivem no país das maravilhas e tratam bandidos como santos. Bem feito” desabafou dona Cleydiane. 

Ex-prefeito de Delmiro Gouveia, lamenta em rede social a aprovação da Taxa de Iluminação Pública pela Câmara de Vereadores

Lula Cabeleira/imagem Google
O ex-prefeito de Delmiro Gouveia, Luiz Carlos Costa, o Lula Cabeleira, usou as redes sociais, logo após a aprovação da  CIP (Contribuição da Iluminação Pública), pela Câmara de Vereadores, na ultima quinta-feira (23), para lamentar a aprovação do projeto.

O ex-prefeito lembrou que em 2014, o mesmo  projeto foi criado na sua gestão e encaminhado para votação, porém, o pedido foi rejeitado pelos  vereadores. O ex-prefeito diz que para a surpresa dos delmireses  a CIP foi aprovada e lamenta a aprovação do projeto em um  momento difícil que Delmiro Gouveia está passando, com a Fábrica fechada, Comércio sofrendo as consequências e tantos desempregados.

Ao final, o ex-prefeito, espera  que este novo imposto não agrave  a situação dos delmirenses,  principalmente os que estão desempregados e lutam para sobreviverem. 

Confira a nota.

 Quando estivemos à frente da gerência municipal, mais precisamente em 2014, tivemos o pedido de criação da TIP rejeitado pela Câmara. Num primeiro momento, a rejeição abalou as estruturas, porque é muito difícil administrar sem os recursos necessários e a cidade precisa de Iluminação Pública satisfatória para atender à população.

Nós seguimos em frente e temos a grande alegria de, mesmo sem a cobrança da Taxa de Iluminação Pública, termos entregue a Prefeitura à nova gestão com TODAS as contas em dia, até o último dia do nosso mandato, 31/12/2016, incluindo aí o parcelamento da dívida com a Eletrobras que herdamos de gestões anteriores.

Hoje, para nossa surpresa, a Câmara APROVOU a criação da CIP. Seria uma ironia capaz de desfazer promessas de palanque?

A gente lamenta, tendo em vista o momento difícil que a nossa cidade está passando, com a Fábrica fechada, Comércio sofrendo as consequências e tantos desempregados...

Esperamos que este novo imposto não agrave ainda mais a situação de muitos delmirenses - principalmente os que perderam seus empregos e que lutam pela sobrevivência com tantas dificuldades.

Voltamos a afirmar: ADMINISTRAR É UM ATO DE FÉ. E, sinceramente, desejamos que a gestão escolhida soberanamente pelo nosso povo consiga encontrar logo um norte administrativo.

Vamos em frente, sempre confiando em Deus!
Grande abraço!

Alagoano de Cacimbinhas é modelo recordista em desfiles no São Paulo Fashion Week

Rick Wanderley
Ele nasceu em Cacimbinhas, no agreste alagoano, mudou-se ainda criança para Maceió e há dois anos foi estudar design em São Paulo, onde terminou sendo convidado para desfilar como modelo para a loja Das Haus, referência para jovens fashionistas, e desde ano passado já posou para campanhas da Ellus, da Osklen - tornando-se um dos modelos mais requisitados na São Paulo Fashion Week. Com apenas 20 anos, o alagoano Rick Wanderley (Henrique Wanderley) voltou a ser destaque essa semana como recordista de desfiles nesta temporada na São Paulo Fashion Week.

Segundo o site da revista FFW, publicação oficial do evento, o cacimbense participou de nove desfiles de um total de 27 nesta edição, sendo o modelo masculino que mais subiu à passarela durante o evento. Para ver matéria completa sobre o recorde do alagoano na FFW,

Homem tenta matar cunhado na Zona Rural de Palmeira dos Índios/AL

https://4.bp.blogspot.com/-Qn5kRdFL0Ss/V6st2abx2FI/AAAAAAAARcc/DBy3IeQJ33U3z_S79_BJT4Kpzxo5NyIMACK4B/s200/
Um homem identificado como Zenildo da Silva Araújo, 27 anos, foi preso suspeito de tentar matar o cunhado na noite deste sábado (25), no Sítio Mandacaru na zona rural de Palmeira dos Índios.

Segundo a Polícia Militar, o crime aconteceu na casa da mãe da vítima, que contou aos militares que o cunhado  teria chegado alterado, após agredir a esposa, sua irmã, que também estava no local.

Zenildo estaria portando uma espingarda soca tempero e tentou efetuar disparos contra o cunhado, sendo impedido por populares.

A Polícia Militar foi até o local, encontrou a arma de fogo, porém o autor havia tomado destino ignorado.

23 de março de 2017

Em Decisão Semelhante À Do Goleiro Bruno, Marco Aurélio Manda Soltar Quadrilha Inteira


Numa decisão que tomou de surpresa as autoridades da Segurança Pública do Ceará, o Supremo Tribunal Federal (STF)  colocou em liberdade  uma quadrilha de bandidos cearenses  considerada de altíssima periculosidade, envolvida em assaltos a bancos, ataques a carros-fortes e assassinatos de policiais nas regiões do Sertão Central e do Vale do Jaguaribe. O bando é conhecido como  os “Pipocas”, baseado em Quixadá e Morada Nova.
O grupo foi preso em janeiro de 2015, em uma grande caçada policial,  após tentativa frustrada de assalto a um comboio formado por três carros-fortes  na BR-116, no Município de Russas (a 163Km de Fortaleza). Na fuga, os assaltantes  se embrenharam no matagal e invadiram uma fazenda,  tomando uma família inteira como refém, na noite de 14 de janeiro.  Foram seis horas de cerco, tiroteio e negociações,  até que os cinco criminosos se entregassem às autoridades. Dois deles ficaram feridos.
Arsenal
Com a quadrilha, a Polícia apreendeu um vasto armamento de grosso calibre, incluindo três fuzis de fabricação russa, modelo AK-47; dois fuzis americanos AR-15, de calibre 5.56; uma espingarda de calibre 28, três pistolas de calibre .40 (Ponto 40), além de cinco carregadores, 473 munições de diversos calibres, intactas; 20 quilos de artefatos explosivos e várias balaclavas (capuzes).
O grupo preso era composto por Elineudo Oliveira Silva, o “Neudo Pipoca”, então com 41 anos de idade; Antônio Ricardo Germano de Lima, o “Ricardo da Vila Rica”; Paulo Sérgio de Oliveira, 31 anos;  e Ângelo Márcio Rodrigues, 36 anos. Os dois últimos foram baleados no confronto com a Polícia. No dia seguinte, foi capturado o quinto homem do bando, Raimundo Nonato Rodrigues da Silva, o “Raimundo da Vertente”, 32 anos. Outros membros da quadrilha conseguiram fugir.
O bando foi trazido para Fortaleza e autuado em flagrante na Delegacia de Roubos e Furtos (DRF). Posteriormente, o flagrante foi convertido em prisão preventiva pelo juiz da Comarca de Russas. As autoridades informaram que o bando dos “Pipocas” era financiado por empresários e comerciantes da região de Quixadá, ligados postos de combustíveis, fazendas, motéis, revendedora de veículos e até com atuação na política local. A quadrilha atacava bancos e carros-fortes no Ceará, Maranhão, Rio Grande do Norte, Pará, Piauí, Paraíba e Mato Grosso,
Soltos
Agora, o STF decidiu soltar os delinqüentes com base no argumento da defesa de que a prisão preventiva por dois anos configurou “excesso de prazo na  custódia que se diz provisória”.  O ministro Marco Aurélio alegou  que, “a quantidade de armas e munições apreendidas e o fato de se tratar de um grupo organizado para a prática de criminosa, são insuficientes para respaldar o argumento alusivo à prisão para a garantia da ordem pública”.
Leia trecho da decisão de Marco Aurélio:
Os fundamentos da preventiva não resistem a exame. Inexiste a segregação automática tendo em conta o delito eventualmente cometido, levando à inversão da ordem do processo-crime, que direciona, presente  o princípio da não culpabilidade, a apurar-se para, selada a culpa, prender-se, em verdadeira execução da pena. Considerou-se a gravidade concreta da imputação. Reiterados são os pronunciamentos do Supremo sobre a impropriedade de potencialização da infração versada no processo. A quantidade de armas e munições apreendidas e o fato de se tratar de grupo organizado para a prática criminosa surgem como elementos neutros, insuficientes a respaldar o argumento alusivo à preservação da ordem pública. Esta fica vinculada à observância da legislação em vigor. O combate à delinquência não há de fazer-se a ferro e fogo, mas mediante política criminal normativa. Adota-se idêntica óptica no tocante à possibilidade de reiteração delitiva. Há de reportar-se, obrigatoriamente, a certo dado. Fora isso é a suposição do excepcional, do extravagante, o que não justifica a preventiva. Tem-se a insubsistência das premissas lançadas.A par disso, o paciente está preso há mais de 2 anos, período a configurar o excesso de prazo da custódia que se diz provisória.
3. Defiro a liminar pleiteada. Expeçam alvará de soltura a ser cumprido com as cautelas próprias: caso o paciente não se encontre recolhido por motivo diverso da preventiva formalizada no processo nº 96177-73.2015.8.06.0158/0, da Segunda Vara da Comarca de Russas/CE. Advirtam-no da necessidade de permanecer com a residência indicada aoJuízo, atendendo aos chamamentos judiciais, de informar eventual transferência e de adotar a postura que se aguarda do cidadão integrado à sociedade.
4. Sendo idêntica a situação dos corréus Antônio Ricardo Germano de Lima, Ângelo Márcio Rodrigues, Paulo Sérgio de Oliveira e Raimundo Nonato Rodrigues da Silva, estendo-lhes esta medida acauteladora, observando o disposto no artigo 580 do Código de Processo Penal.

Carne fraca: cidade goiana não sabe o que fazer com 150 mil perus

A tensão que o embargo da carne causou em todo o país tem testado seus limites na pequena cidade de Mineiros, município de 60 mil habitantes a 450 quilômetros de Goiânia. O clima é de desespero entre os produtores de peru e frango do município, que abastecem o complexo frigorífico da BRF Perdigão, unidade que está com as portas fechadas desde sexta-feira, quando a Polícia Federal deflagrou a Operação Carne Fraca.

No entra e sai que há uma semana tumultua o escritório da Associação dos Avicultores Integrados da Perdigão em Mineiros (Avip), os produtores de aves buscam alguma resposta sobre o que será feito com os milhares de animais que já estão em fase de abate pelo frigorífico. “O que temos para dizer é simplesmente alarmante”, afirma Fábio Lemos, vice-presidente da associação. “Estamos perdidos. Não temos nenhuma relação com as acusações, mas estamos aqui sozinhos, sem ter a menor ideia do que vai acontecer.”

A unidade da Perdigão de Mineiros é um dos três frigoríficos que tiveram suas linhas de produção paralisadas por determinação do Ministério da Agricultura, até que se apurem as eventuais falhas sanitárias investigadas pela Polícia Federal. Em operação regular até a semana passada, o frigorífico teve sua licença sanitária aprovada em fevereiro e vinha abatendo diariamente cerca de 25 mil perus, aves que são enviadas ao exterior, principalmente a países da União Europeia.

Com o fechamento da unidade, as 219 granjas do município travaram as atividades. Nos últimos seis dias, cerca de 150 mil perus que deveriam ter deixado os criadouros para serem abatidos na unidade da BRF tiveram de continuar no campo. Esse problema se agrava diariamente, não apenas por conta do volume de aves acumuladas, mas principalmente pelo peso que os animais passam a ganhar.

O limite do peso para abate de cada ave, segundo os produtores, é de até 25 kg. Em média, os animais, conhecidos como “peru pesado”, estão com cerca de 20 kg no momento do abate. Ao permanecerem nas granjas, eles ultrapassam 25 kg e não podem mais entrar na linha de produção por conta da configuração técnica da fábrica. Ou seja, não poderão ser processados pela unidade da Perdigão, além de não atenderem às exigências de boa parte dos compradores internacionais.

Nas fazendas de Mineiros, dentro de galpões ventilados 24 horas por dia e com temperatura mantida constantemente em 27 graus, há 4,3 milhões de perus em alguma fase de sua vida de seis meses até o abate. A produção no frigorífico é permanente e ocorre de segunda a sábado, o ano todo. Por dia, 25 mil aves deveriam seguir para a unidade de processamento, mas estão em cativeiro, e continuam a engordar. Por isso, cada dia de paralisação nesse processo gera um efeito em cascata em toda a cadeia.

As acusações que envolvem a unidade da BRF em Mineiros são de pagamento de propina a fiscais agropecuários para evitar o fechamento da unidade e facilitar a emissão de autorizações sanitárias. Dois funcionários tiveram prisão preventiva decretada e um vice-presidente foi alvo de condução coercitiva e busca e apreensão.

VITÓRIA DA CONQUISTA BA - Acidente de Caminhão com vitima fatal










http://veposcedoca.blogspot.com.br/


Acidente grave na BR-101 com caminhão de Vitória da Conquista Um caminhão carregado de melancia caiu em uma ponte na região de Vitória da Conquista BA. As imagens mostram um corpo sendo recolhido pela Policia Técnica.

Estado Islâmico reivindica autoria de ataque em Londres

http://veposcedoca.blogspot.com.br/

O Estado Islâmico reivindicou nesta quinta-feira (23) a responsabilidade pelo ataque fora do Parlamento britânico, em Londres. A agência Amaq, que é ligada aos terroristas, divulgou a informação.

Quatro pessoas, entre elas o agressor, morreram no ataque e 40 ficaram feridas depois que um carro atropelou um grupo de pedestres na calçada da Ponte Westminster, perto do Big Ben, na tarde de quarta-feira (22). O terrorista, que não teve a identidade divulgada, ainda assassinou um policial a facadas. Ele foi morto a tiros pela polícia.
"O perpetrador dos ataques ontem em frente ao Parlamento britânico em Londres é um soldado do Estado Islâmico e realizou a operação em resposta aos pedidos para se atacar cidadãos da coalizão", disse a Amaq, em um comunicado, divulgado pela Reuters.

A primeira-ministra britânica, Theresa May, afirmou nesta quinta que as forças de segurança já tinham investigado o autor do ataque por conexão com atividades terroristas. O agressor, que foi morto pela polícia, é britânico e não teve a identidade divulgada.
"O que posso confirmar é que o homem é britânico e que há alguns anos ele foi investigado pelo MI5 em relação a preocupações sobre extremismo violento. Ele era uma figura secundária. Ele não fazia parte do atual cenário da inteligência", declarou May no Parlamento, que retomou as atividades nesta manhã.
Sem novas ameaças
Em um pronunciamento na frente da sede da Scotland Yard, Mark Rowley declarou que até o momento não foram detectadas evidências que apontem para "novas ameaças terroristas". No entanto, o Reino Unido siga em alerta.

O Parlamento retomou as atividades nesta quinta-feira após um minuto de silêncio em homenagem às vítimas. O perímetro ao redor do imóvel permanece, no entanto, isolado e a estação de metrô de Westminster fechada ao público.
A Ponte de Westminster, onde os investigadores continuam trabalhando, também está fechada ao público, segundo a France Presse.

Vítimas
A polícia divulgou apenas a identidade do policial que foi morto após ser esfaqueado: Keith Palmer, de 48 anos. O jornal britânico "Daily Mail" informou que uma das vítimas é Aysha Frade, de 43 anos. Ela ia se encontrar com suas duas filhas quando foi atingida pelo carro do agressor e lançada em direção a um ônibus.
Quarenta pessoas se machucaram no ataque - entre eles três policiais. Uma mulher, gravemente ferida, foi retirada do Rio Tâmisa. Na manhã desta quinta, 29 pessoas permaneciam hospitalizadas - sendo que sete delas estão em estado grave.
Entre os feridos estão 12 britânicos e vários estrangeiros: crianças francesas, dois romenos, quatro sul-coreanos, um alemão, um chinês e dois gregos, de acordo com a primeira-ministra.
A rainha Elizabeth II divulgou uma mensagem sobre o ataque. “Meus pensamentos, orações e minha compaixão mais profunda estão com todos os afetados por essa terrível onda de violência”, afirmou.

Alemão que 'mora' no Aeroporto de Cumbica, em SP, agride mulheres

PF informou que homem já foi notificado a deixar o país e será deportado caso não faça isso. Aeroporto informou não ter poder para prender o homem.

Vídeos do circuito interno de monitoramento do Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo, mostram um turista alemão agredindo mulheres (veja acima). Apesar da violência, ele continua circulando livremente pelo saguão. Stephen Brode, de 44 anos, está "morando" há dias no terminal.

O turista chegou legalmente ao Brasil em dezembro. Ele precisou alterar a passagem aérea de volta para a Alemanha, mas não tem dinheiro para pagar a diferença. O homem chegou a tentar comprar o bilhete com cartão, mas a compra não foi aprovada.

O alemão passa a maior parte do tempo sentado, como se fosse um passageiro comum. As câmeras do aeroporto, no entanto, já flagraram várias agressões cometidas por ele. Pelo menos sete mulheres – passageiras e funcionárias de companhias aéreas – apanharam.

Em um dos vídeos é possível ver uma mulher de camisa preta mexendo tranquilamente no celular. De repente, o alemão levanta de uma cadeira, fica na frente dela e bate na mulher com violência. Depois, ele se senta como se nada tivesse acontecido. Sem entender o que está acontecendo, a passageira vai embora.

Em outro flagrante, logo que um casal passa pela porta de entrada, o alemão vai em direção à mulher e dá um tapa na cabeça dela. O homem que a acompanha chega a discutir com o alemão, mas segue em frente com a mulher.

As vítimas não chegaram a dar queixa da agressão, mas funcionárias de companhias aéreas agredidas fizeram o registro.

O delegado-chefe da Polícia Federal Marcelo Ivo de Carvalho informou que já levantou informação para pedir a deportação do alemão. "Ele foi notificado a deixar o país em oito dias, sob pena de deportação, em virtude de ter expirado o prazo dele em território nacional. Caso ele não cumpra essa notificação, a Polícia Federal deverá realizar a deportação, a retirada compulsória dessa pessoa do território nacional", explicou.

O diretor de Operações do Aeroporto de Guarulhos, comandante Miguel Dau, disse que não pode prender o alemão. "Eu não tenho instrumentos legais para fazê-lo. O que o aeroporto vem fazendo desde o início é sensibilizar as autoridades, o próprio Consulado Alemão, para que venhamos a dar uma solução", declarou.

O Consulado Alemão informou que sabe do caso de Stephan Brode, que está oferecendo o apoio consular possível e cooperando com as autoridades brasileiras.